quarta-feira, 28 de março de 2012

A Arca de Noé encontrada !?


.
Com o avanço da tecnologia, satélites...

Recentemente, um satélite retirou uma foto intrigante do monte Arafat, o qual, de acordo com algumas provas, é nele que está escondido um dos maiores tesouros da História que pode mudar de forma radical a ideologia do mundo antediluviano e cientista. A imagem do satélite mostra uma região da montanha que é remota - de difícil acessibilidade - e que está acima dos 5 mil metros de altitude; nessa região é possível ver claramente um formato distinto do gelo, algo de formato escuro (quase que preto) podendo ser uma madeira ou rochas. Porém, esse assim vamos dizer "objeto não identificado  possui um formato muito intrigante, pois possui uma ponta em uma das extremidades formando um triangulo, muito distinto de qualquer construção natural e das condições locais.

De acordo com alguns cientistas e pesquisadores, não há dúvidas que encontraram a "Arca de Noé"; que tal objeto é ela. Tal conclusão é reforçada com uma analise em laboratória da imagem do satélite, mostrando que uma das dimensões do objeto possui cerca de 150m, o que bate com as referências bíblicas das medidas ordenadas por Deus à Noé.

A Bíblia diz que Deus ordenou a Noé que construísse uma arca gigante, enorme, talvez o maior meio de transporte flutuante da História. E nessa arca, Moisés, sua família  alguns tipos de animais e aqueles que aceitassem a mensagem, entrariam na Arca. Pois Deus enviaria uma tempestade (o Dilúvio) - sendo que até ai, nunca havia chovido na Terra, apenas havia o sereno da noite. Então após muitos anos, Deus enviou uma chuva, e não foi uma chuva qualquer. Na verdade, os alicerces da Terra foram comovidos, as estruturas da Terra se locomoveram, os lençóis freáticos em enormes feixes (como num terremoto) expeliram água como geisers, fazendo muralhas de água sendo lançadas a quilômetros de altura. E sem contar que a chuva foi super intensa, como NUNCA mais houve na história da Terra. E assim choveu por 40 dias e 40 noites sem parar, por TODA TERRA. E após parou, e depois de muito tempo as águas recuaram, e os dados Bíblicos  dizem que a arca repousou no monte Arafat (a região mais alta da Turquia).
De acordo com a proposta divina, o dilúvio foi responsável direto pela separação dos continentes, entre muitas outras mudanças no bioma da Terra. Como que a partir dai passou a existir "arco-íris" no planeta, passou a chover, passou a existir muitas montanhas, vulcões etc. E existe uma teoria que essa "erupção freática" que ocorreu na Terra, abalou de tal forma as estruturas da Terra, que tal foi o responsável pelo surgimento ou desequilíbrio das placas tectônicas  E assim, a partir do diluvio elas entram em movimento catastrófico (ou seja, com rotas de colisão). E passou a ocorrer terremotos, vulcões etc.O dilúvio implica a ocorrência de série de outras coisas, e simplesmente a RUINA TOTAL e DESTRUIÇÃO do "evolucionismo", da "datação cientifica", do "ateismo", do "cetismo"... Uma literatura declara que conforme aproximasse a volta de Jesus, mais e mais provas do Dilúvio, de Deus, de Sua criação etc. surgiriam; algumas, irrefutáveis. E possivelmente, a arca de Noé. E que os principais locais seriam: nos topos congelados de montanhas, entre a areia dos desertos e nas profundidades dos oceanos.

Existem alguns relatos de moradores locais que dizem já terem visto a arca. Já outros, que até tiraram fotos mas que por alguma razão não conseguiu revelá-las nitidamente.

A grande dificuldade para solucionar essa interrogação é a "acessibilidade", "ignorância" e os "antis".

Acessibilidade: A montanha é enorme, gigante, e com locais de muito declive, gelo, calotas de gelos, avalanches. Fora que a alta atitude dificulta muito a acessibilidade, para meios pesados de transporte, como que torna perigoso o uso de helicópteros e semelhantes. E precisaria de um grande investimento para cobrir os gastos na montagem de uma estrutura que permitisse uma expressão local.

Ignorância: A montanha é muito superficialmente conhecida, pouco se sabe dela. Muitos locais ainda são considerados "virgens" (onde o homem não chegou). E pouco de sua geologia e interior se sabe, muito menos, o que há por debaixo de todo aquele gelo.

Antis: Existem milhares, senão milhões de pessoas que não querem que a arca seja encontrada, se tal existir. Esses são os evolucionistas, céticos, ateístas  anti-diluvianos etc. Os quais não querem que nada se contraponha a seus "inventos". E até investem pesadamente para encobrir provas e para boicotar o encontro de novas provas. Tão quanto investem para divulgar sua "ciência" a qual propagam ser um fruto da "racionalidade humana", mas que na verdade, de racional não há nada, é puramente irracional.

Porém, uma coisa é certa, as evidências irão surgir de forma acelerada e quantitativa, e muitas, irrefutáveis. E em breve. E isso não quer dizer daqui 20, 30 anos. Mas nos próximos anos, quem sabe. Hoje, o evolucionismo, Darwin... estão em CHEQUE, e muitos cientistas - mesmo céticos - estão questionando, e desacreditando nessa farsa da mente humana; com muitas provas que chocam-se contra.

DEUS OS ABENÇOE!