quarta-feira, 28 de março de 2012

JESUS CRISTO, A SALVAÇÃO DOS PECADORES.



 A palavra do Senhor na carta aos Hebreus 12.16,17, conta que Esaú, filho de Isac e irmão de Jacó, por um bocado de manjar, vendeu o seu direito a primogenitude; e querendo ele ainda herdar a benção, foi rejeitado, porque não achou lugar de arrependimento, ainda que com lágrima o buscou.
              Porque o pecado havia entrado no homem, o qual, pela desobediência, acabou entregando a satanás, o Paraíso que o Senhor havia lhe ofertado para viver eternamente, e, sabendo Deus, que sem derramamento de sangue não havia remissão do pecado, entregou o seu próprio Filho, em forma de homem, o qual deu a sua vida em sacrifício, para remissão do pecado do homem, e ressuscitou ao terceiro dia para a nossa salvação (Romanos 4.25).
              O livro de profecias Isaías 534-12, diz:  Verdadeiramente  Ele tomou sobre si as nossas enfermidades e as nossas dores, e nós o refutamos por aflito, ferido de Deus, oprimido. Mas  Ele foi ferido pelas nossas transgressões e iniqüidades, o castigo que nos traz a paz estava sobre  Ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados.
              Andávamos desgarrados, como ovelhas perdidas, cada um se desviava pelo seu caminho, mas o Senhor fez cair sobre  Ele o pecado do mundo. Ele foi oprimido, mas não abriu a sua boca, como um cordeiro foi levado ao matadouro, como ovelha muda, não abriu a sua boca. Derramou a sua alma na morte, e levou sobre si o pecado de muitos e pelos transgressores intercede.
             Este é o Cristo em quem cremos verdadeiramente que está vivo, porque Ele ressuscitou (Mateus 28.2-8) e está à direita de Deus Pai,  Ele ressuscitou dentre os mortos para salvar aqueles que crêem em seu nome, e por nós intercede junto ao Pai.
              Em certa ocasião, alguns fariseus, homens religiosos, cumpridores da Lei de Moisés, os quais julgando serem justos, censuravam o Senhor Jesus, porque estava sentado a mesa, e comia com pecadores. O Mestre lhes respondeu:
             Mateus 9.10-13:  E aconteceu que estando  Ele  em casa sentado a mesa, chegaram muitos publicanos e pecadores, e sentaram-se juntamente com Jesus e seus discípulos. E os fariseus, vendo isto, disseram aos seus discípulos:  Por que come o vosso Mestre com os publicanos e pecadores? Jesus, porem, ouvindo, disse-lhes: Não necessitam de médico os sãos, mas sim os doentes. Porque eu não vim chamar os justos, mas os pecadores ao arrependimento. 
            O Senhor Jesus é o mesmo ontem, hoje e será eternamente, em sua infinita misericórdia, não faz acepção de pessoas.  Ele  nos aceita do jeito que estamos, com todos os nossos problemas, pecados, vícios e defeitos. Basta apenas arrependamos das nossas transgressões, e crermos verdadeiramente no seu Evangelho (I Coríntios 15.1,2) para a nossa salvação; porque  Ele  mesmo deixou o sublime exemplo do perdão. Vejamos:
              Lucas 23.39-43, diz:  Um dos malfeitores que estavam pendurados blasfemava dele dizendo: Se tu és o Cristo, salva-te a ti mesmo, e a nós. Mas foi repreendido pelo outro que dizia: Tu não temes a Deus, estando na mesma condenação? E nós na verdade, com justiça, porque recebemos o que os nossos feitos mereciam, mas este homem é inocente.
             E disse a Jesus: Senhor lembra-te de mim, quando entrares no teu Reino. Respondeu-lhe Jesus: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no Paraíso.  
Jesus perdoou aquele homem que por ordenança da Lei, havia sido condenado a pena máxima (pena de morte pela crucificação), e o seu arrependimento produziu a oferta da vida eterna, porque creu em Jesus, como o seu único e suficiente Salvador.
E a palavra de Deus afirma que nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o espírito (Romanos 8.1) e, se alguém está em Cristo nova criatura é, pois as coisas velhas já se passaram, eis que tudo se fez novo (II Coríntios 5.17).
               Em Apocalipse 3.20, disse Jesus: Eis que estou a porta e bato, se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo. O que fora ratificado no livre aos  Hebreus 3.7,8, onde diz:  Portanto, como diz o Espírito Santo: Se ouvirdes hoje a sua voz, não endureçais os vossos corações, como na provação, no dia da tentação do deserto.  
               E no Evangelho de Mateus 11.28-31, Jesus disse:  Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave o e meu fardo é leve.  
               Jesus Cristo, chama para si todas as nossas culpas, nossas angústias e as nossas aflições. Mas, quando ouvirdes a sua voz, não endureçais, o vosso coração.  Ele  está batendo, abra o seu coração e deixa-O entrar. Não deixe Cristo esperando do lado de fora, não entristeça o Espírito Santo de Deus. 
                Para alcançar a eternidade, se faz necessário renunciar as coisas deste mundo e buscar no Senhor a sua vontade. Porque o jugo suave de Jesus são os seus mandamentos, e o fardo leve e a sua graça, o seu perdão e a remissão dos nossos pecados pela aspersão do seu sangue na cruz.
Então encontraremos o refrigério, e o verdadeiro descanso para nossas almas, encontraremos a sua paz, por que  Ele Disse: Deixo-vos a minha paz, a minha paz vou dou; não vo-la dou como o mundo a dá (João 14.27).
               A palavra do Senhor é fiel e verdadeira, por isso  Ele disse: Não vô-la dou como o mundo a dá, porque a paz do mundo é momentânea, falsa e insegura. Mas os que confiam no Senhor são como o Monte de Sião que não se abala, mas permanece para sempre (Salmos 125.1).
                Disse o Senhor no livro de Malaquias 3.17,18:  E eles serão meus, diz o Senhor dos Exércitos, naquele dia em que farei serão para mim particular tesouro, poupá-los-ei, como um homem poupa a seu filho, que o serve.  Então vereis outra vez a diferença entre o justo e o ímpio, entre o que serve a Deus, e o que não o serve. 
               E no Evangelho de João 3.16, a palavra revela que  Deus amou o mundo de tal maneira, que deu o seu filho unigênito, para todo aquele que nele crer não pereça, mas tenha vida eterna. 
                                           COMO DEVEMOS HONRAR A CRISTO 
               Em Mateus 15.8,9: disse Jesus: Este povo honra-me com os lábios, mas o seu coração está longe de mim. Em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos de homens. 
              E porque me chamais Senhor, Senhor, e não fazeis o que digo?   Assim, pois, qualquer de vós, que não renuncia a tudo quanto tem, não pode ser meu discípulo. 
               Precisamos nos conscientizar que necessário é fazer tudo conforme está escrito na palavra do Senhor, não apenas aquilo que nos interessa, mas primar pela porta estreita (Mateus 7.13), por que aquele que guardar toda lei, e tropeçar em um só ponto, tornou-se culpado de todos (Tiago 2.10).
               Porque nada aproveita ao homem, honrar o Senhor com os lábios estando com o coração impuro, fazendo coisas diferente da doutrina que o Mestre ensinou. É indispensável, renunciar tudo, tomar sua cruz e seguir o caminho que o Senhor tem nos ensinado, de outra forma a nossa fé está sendo vã.
                                                A NOVA JERUSALEM
               Em Apocalipse 21.1-7, a palavra revela a cidade Santa, a Nova Jerusalém, e assim descreve: E vi um novo céu e uma nova terra. Porque já o primeiro céu e a primeira terra passaram e o mar já não existe. E eu, João, vi a santa cidade, a nova Jerusalém, que de Deus descia do céu, adereçada como uma esposa ataviada para o seu marido. E ouvi uma grande voz do céu, que dizia:
              Eis aqui o tabernáculo de Deus com os homens, pois com eles habitará, e eles serão o seu povo e o mesmo Deus estará come eles, e será o seu Deus. E Deus limpará de seus olhos toda a lágrima, e não haverá mais morte, nem clamor, nem dor, porque já as primeiras coisas são passadas. E disse Deus: Eis que faço nova todas as coisas. E disse-me:
              Escreve, porque estas palavras são verdadeiras e fieis. E disse mais: Está cumprido. Eu sou o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim. Quem quer que tiver sede, de graça lhe darei da fonte da água da vida. Quem vencer herdará todas estas coisas; e eu serei o seu Deus e ele será o meu filho.
                                   QUEM RESSUSCITARÁ PARA CRISTO 
              No Evangelho de Cristo, no livro de Mateus 25.31-46, por ocasião do julgamento, a palavra do Senhor diz que serão arrebatados para a vida eterna com Cristo,  os que amaram ao seu próximo verdadeiramente com caridade.
Os que arrependeram-se da suas más obras, os que foram lavados e remidos pelo sangue do cordeiro. Quanto aos que negligenciaram esse amor ressuscitarão para o fogo eterno, mas os justos para a vida eterna.
               E em Apocalipse 20.12-15, diz: E vi os mortos, grandes e pequenos que estavam diante do trono, e abriram-se os livros, e abriu-se outro livro que é o livro da vida, e os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, cada um segundo as suas obras. E a morte e o inferno foram lançados no lago de fogo, esta é a segunda morte. E aquele que não foi achado escrito no livro da vida foi lançado no lago de fogo.
                         O FOGO ETERNO PARA OS DESOBEDIENTES
              Apocalipse 21.8:  Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos fornicários, e aos feiticeiros, e aos idólatras e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde como fogo e enxofre, o que é a segunda morte.