domingo, 31 de março de 2013

Você tem o que guardar?


"Guarda o que tens, para que ninguém tome a tua coroa." Apocalipse 3.11b (arc).

Guarde a fé: A certeza de coisas que se esperam, a convicção de fatos que se não vêem. He. 11. 1
Ora, sem fé é impossível agradar-lhe, porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que Ele existe e que é galardoador dos que o buscam. - Hebreus 11.6 (arc)
Este versículo descreve as convicções integrantes da fé salvífica. (1) ? Devemos crer na existência de um Deus pessoal, infinito e santo, que tem cuidado de nós. (2) ? Devemos crer que Ele nos galardoará quando o buscamos com sinceridade, sabendo que nosso maior galardão é a alegria e a presença do próprio Deus. Ele é nosso escudo e nossa grande recompensa (Gn.15.1; Dt. 4.29; Mt. 7. 7,8 nota; Jo.14.21 nota). (3) ? Devemos buscar a Deus com diligência e desejar ansiosamente a sua presença e graça. (bep).

Digo-vos que, depressa, lhes fará justiça. Quando, porém, vier o Filho do Homem, porventura, achará fé na terra? - Lucas 18.8 (arc)
À medida que o fim se aproxima, a preocupação de todo crente deve ser: estou perseverando na fé, firme na oração, buscando a Deus para que prevaleça a justiça e sua santa causa triunfe em tudo, para sempre? ou estou tão preocupado com as coisas desta vida, que não anseio pela volta de Cristo e seu reino eterno? (Ap. 19-22 (bep).

Guarde a fidelidade: Lealdade; firmeza; exatidão; probidade.
E ele lhe disse: Bem está, servo bom, porque no mínimo foste fiel, sobre dez cidades terás a autoridade. Lucas 19. 17 (arc)
Quem foi fiel no seu serviço para o Senhor e compartilhou do seu trabalho aqui na terra receberá uma rica recompensa no reino futuro. Receberá tarefas ainda maiores no novo céu e na nova terra (Ap.21. 1). (bep)

Guarde o conteúdo do reino de Deus

Mas buscai primeiro o Reino de Deus, e a sua justiça, e todas essas coisas vos serão acrescentadas. Mateus 6.33 (arc).
Porque o Reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, e paz, e alegria no Espírito Santo. - Romanos 14.17. (arc)

Justiça: Virtude moral que inspira o respeito dos direitos de outrem e que faz dar a cada um o que lhe pertence.
Pois eu lhes digo que se a justiça de vocês não for muito superior à dos fariseus e mestres da lei, de modo nenhum entrarão no Reino dos céus. Mateus 5. 20 (nvi).
A justiça dos escribas e dos fariseus era exclusivamente exterior. Eles observavam muitas regras, oravam, cantavam, jejuavam, liam as Escrituras e freqüentavam os cultos nas sinagogas. No entanto, substituíam as atitudes interiores corretas pelas aparências externas. Jesus declara aqui que a justiça que Deus requer do crente vai além disso. O coração e o espírito, e não somente os atos externos, devem conformar-se com a vontade de Deus, na fé e no amor (ver Mc. 7.6, nota sobre o legalismo).
PAZ: Tranqüilidade de alma
Quanto ao mais, irmãos, adeus! Aperfeiçoai-vos, consolai-vos, vivei em paz; e o Deus de amor e de paz estará convosco. II Coríntios 13. 11 (ara).
É como se Paulo tivesse aconselhado: ?Abandonai todas aquelas coisas que provocam tumultos e conflitos no seio da igreja, tanto pública como particularmente. Segui a paz e cultivai-a como uma condição desejável na comunidade?. (nti)
Alegria no Espírito Santo: E os discípulos estavam cheios de alegria e do Espírito Santo. Atos 13.52 (arc)
O verbo grego traduzido ?cheios? está no pretérito imperfeito, indicando ação contínua num tempo passado. Os discípulos recebiam continuamente, dia após dia, a plenitude e o revestimento de poder do Espírito Santo. A plenitude do Espírito não é meramente uma experiência inicial que ocorre uma só vez, mas, sim, uma vida de repetidos enchimentos para as necessidades e tarefas da parte de Deus (cf. Ef. 5. 18). (bep).

Guarde puro o seu caminho

Como purificará o jovem o seu caminho? Observando-o conforme a tua Palavra. Salmos 119.9 (arc)
Como poderá o crente levar uma vida santa, resistindo as influências perniciosas que caracterizam o meio ambiente ímpio em que vivemos? A segunda seção deste salmo alista oito maneiras nesse sentido. Cada versículo apresenta uma maneira. (1) ? Uma decisão pessoal irreversível de permanecer leal à Palavra escrita de Deus por toda nossa vida; (2) ? buscar o Senhor em oração; (3) ? memorizar a Palavra de Deus; (4) ? buscar a direção de Deus através da oração; (5) ? declarar abertamente nossa obediência e submissão à Palavra de Deus; (6) ? alegrar-se e comprazer-se naquilo que Deus diz; (7) ? refletir no desfecho final do andar nos caminhos de Deus, contrastado com o andar nos caminhos do mundo; e (8) ? nunca estar tão ocupado que não possa ler e estudar a Palavra de Deus. (bep).

Guarde a obediência: Submeter-se à vontade de outrem.

Porém, respondendo Pedro e os apóstolos, disseram: Mais importa obedecer a Deus do que aos homens. - Atos 5.29 (arc).
A grande pergunta que paira ante todo cristão não é: ?É conveniente, seguro, agradável popular entre os homens??, mas: ?O que está certo diante de Deus?? (cf. Gl. 1.10). (bep).

Guarde a humildade: Virtude que manifesta o sentimento da nossa fraqueza ou de nosso pouco ou nenhum mérito.
Antes da ruína, gaba-se o coração do homem, e diante da honra vai a humildade. - Provérbios 18.12 (ara)
O orgulho é um espírito de vaidade, em que um de seus componentes é a dependência de si mesmo; a autoconfiança. A jactância e a arrogância são pecados associados ao orgulho e levam a destruição (cf. 15. 33; 16. 18). O orgulho é enganador (Jr. 49.16) e impede uma atitude humilde para com Deus e o próximo. Deus se opõe aos soberbos, mas dá graça e honra aos humildes (Tg.4. 6). (bep).

Guarde a santidade

Segui a paz com todos e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor. Hebreus 12. 14 (arc).
Ser santo é estar separado do pecado e consagrado a Deus. É ficar perto de Deus, ser semelhante a Ele, e, de todo o coração, buscar sua presença, sua justiça e a sua comunhão. Acima de todas as coisas, a santidade é a prioridade de Deus para os seus seguidores (Ef. 4. 21-24). (bep).